Capela do Senhor da Pedra

IPA.00019938
Portugal, Porto, Vila Nova de Gaia, União das freguesias de Gulpilhares e Valadares
 
Arquitectura religiosa setecentista. Capela de planta hexagonal, de pequenas dimensões espaciais, com sineira e alpendre sobre a porta principal. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, enquadradas por cunhais aplilastrados, rematadas por friso e cornija destacada, coroadas por pináculos nos vértices do hexágono. Elementos decorativos e molduras dos vãos em cantaria de granito aparente.
Número IPA Antigo: PT011317070091
 
Registo visualizado 173 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

Categoria

Monumento

Descrição

Capela de planta hexagonal, de espaço único, com alpendre, sineira, e sacristia adossada a N.. Volumes articulados, com coberturas diferenciadas, em telhado hexagonal na capela, de duas águas na sacristia e três no alpendre. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, com cunhais, frisos, cornija, molduras de vãos, pináculos e sineira em cantaria de granito aparente. Entrada principal, precedida por alpendre de construção posterior, com entablamento e cornija, assente em colunas, lisas. De cada lado da entrada principal surgem painéis de azulejos, monocromáticos, de cor azul, com inscrições. A encimar a porta principal surge friso e cornija, seguido de vão polilobado, rematado por friso contracurvado. O INTERIOR apresenta espaço único em hexágono, com paredes rebocadas e pintadas de branco, percorridas por embasamento granítico. Coro alto protegido por balaústres de madeira, acessível por escada em espiral. Do lado direito, púlpito quadrangular, assente em mísula, com guarda em madeira, com acesso por porta de verga recta, a partir do coro-alto. Sobre supedâneo de um degrau, surge retábulo - mor de talha dourada e policromada, a imitar marmoreados, ornamentado por motivos vegetalistas e concheados, de planta recta e um só eixo, delimitado por pares de colunas de fuste liso e capitel coríntio. Nicho com moldura contracurvada, com pintura representando o calvário, albergando imagem. Retábulo rematado por entablamento de perfil curvo. Face a este, mesa de altar rectangular. Lateralmente abrem-se duas capelas, rematadas em arco de volta perfeita, assente sobre colunas apilastradas, que albergam retábulos de talha dourada com imaginária.

Acessos

EN 622, Alameda do Senhor da Pedra, Praia de Miramar. WGS84: Lat. 41º04'07.63"N., Long. 8º39'31.25"O.

Protecção

Inexistente

Grau

3 – imóvel ou conjunto de acompanhamento que, sem possuir características individuais a assinalar, colabora na qualidade do espaço urbano ou na ligação do tempo com o lugar, devendo ser preservado em tal medida. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Valor Concelhio / Imóvel de Interesse Municipal e outras classificações locais.

Enquadramento

Maritimo. Implantada junto ao mar, em plataforma, sobre densos rochedos fustigados pelas águas do oceano atlântico. A plataforma, adaptada ao declive do terreno, apresenta desníveis vencidos por escadas e guardas de betão em todo o perímetro. O acesso à capela é feito por escadaria a partir do areal de Miramar. A envolvente E. é marcada por avenidas e alamedas percorridas por moradias unifamiliares e piscinas privadas.

Descrição Complementar

Os painéis de azulejos que ladeiam a entrada principal, apresentam as seguintes inscrições: do lado esquerdo "O.LOCAL.ONDE.SE.LEVANTA.ESTA.CAPELA.DO SENHOR.DA.PEDRA.É.CERTAMENTE.O.MAIS.ANTIGO.LUGAR.DE.CULTO.DA.FREGUESIA.ANTES.DE.NELE.SE.CELEBRAR.A.CRISTO.SERIA.ALTAR. PAGÃO", e do lado direito "A.ORIGEM.DO.NÚCLO.POPULACIONAL.DE. GULPILHARES.REMONTA.A.MAIOR.ANTIGUIDADE.COMO.BEM.SE. DEMONSTRA.COM.O.NOTÁVEL.ESPÓLIO.ARQUEOLÓGICO.QUE.NESTA. REGIÃO.TEM.SIDO.ACHADO".

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Século 17

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Século 17 - Construção; 1996 - restauro.

Características Particulares

Pequeno templo de romaria, considerado um autentico ex-libris da freguesia e concelho, quer pela sua localização geográfica, como pela arquitectura e simbolismo.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Alvenaria de pedra, rebocada e pintada de branco, com cunhais, friso, cornija, molduras dos vãos, pináculos e sineira em cantaria de granito aparente; portas de madeira; cobertura em telha cerâmica caiada de branco; guardas de betão; retábulos de madeira entalhada, dourada e policromada; pavimentos de pedra.

Bibliografia

SILVA, Isabel (coord.) Dicionário Enciclopédico de Freguesias, Vol. I, Porto, 1997.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - A romaria do Senhor da Pedra realiza-se em domingo da Santíssima Trindade (domingo anterior às comemorações do Corpo de Deus) e tem a duração de três dias, culminando com a procissão na terça-feira.

Autor e Data

Ana Filipe 2009

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login