Povoado da Torre Velha de Povoado fortificado de Avelãs

IPA.00002139
Portugal, Bragança, Bragança, Castro de Avelãs
 
Aglomerado urbano. Cidade romana identificada como Civitas Zoelarum.. Povoado romano aberto de grande dimensão.
Número IPA Antigo: PT010402090032
 
Registo visualizado 1617 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto urbano  Aglomerado urbano  Povoado  Povoado romano  Civitas  

Descrição

Actualmente não são visíveis vestígios de fortificações, mas existem vestígios de um edifício com orientação S. - N., com 14 por 9 m, que poderia ter sido um templo. Num outro ponto da colina encontra-se um templo medieval rodeado por uma necrópole, onde existiam marcos miliários reutilizados como sarcófagos. À superfície, numa extensa área, observa-se um grande número de espólio cerâmico de época romana constituído fundamentalmente por fragmentos de telhas planas (tegulae), telhas curvas (imbrices) e de recipientes.

Acessos

EN 103 (Bragança - Vinhais), caminho para Castro de Avelãs

Protecção

Enquadramento

Rural, isolado, implantado numa colina de pendor suave situada a SO. do Mosteiro de Castro de Avelãs (v. PT010402090002), culminado junto da Cruz alta a 775 m de altitude. Encontra-se coberta por terrenos onde se cultivam a vinha, cereais e árvores de fruta.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Não aplicável

Utilização Actual

Não aplicável

Propriedade

Afectação

Época Construção

Época romana

Arquitecto / Construtor / Autor

Não aplicável

Cronologia

Época romana - construção e ocupação do povoado; séc. 19 - escavações arqueológicas põem a descoberto diversas ruínas, nomeadamente as de uma grande construção de época romana e as de uma igreja e respectiva necrópole da época medieval; descobriram-se também um grande número de aras e estelas romanas, nomeadamente uma ara dedicada ao deus Aernus pelos Zoelas.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

ALARCÃO, J., Roman Portugal, Warminster, 1988, vol. II, p. 40; ALVES, F. M., Memórias Arqueológico - históricas do Distrito de Bragança, Porto, 1938, vol. 10, p. 604 - 605; LEMOS, F. de S., Povoamento Romano de Trás-os-Montes Oriental, Braga, 1993, IIa, 184 - 185; PINHEIRO, J. H., Relatório sobre as ruínas romanas descobertas junto da povoação de castro de Avellas no mês de Fevereiro de 1887, Revista de Guimarães, Guimarães, 1888, 5 (2), p. 72 - 96.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1887 - Escavações arqueológicas dirigidas por Henrique Pinheiro.

Observações

Escavações arqueológicas aqui realizadas no século passado exumaram diversas ruínas, nomeadamente as de uma grande construção de época romana e as de uma igreja e respectiva necrópole de época medieval. Foi também aqui descoberto um grande número de aras e estelas romanas nomeadamente uma ara dedicada ao deus Aernus pelos Zoelas.

Autor e Data

Paulo Amaral e Paulo Dordio 1995

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login