Villa Romana de Barros

IPA.00002458
Portugal, Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oledo
 
Villa de edificação romana.
Número IPA Antigo: PT020505090023
 
Registo visualizado 773 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Agrícola e florestal  Villa    

Descrição

No local é perceptível uma estrutura urbana com casas, eventualmente arruamentos. O que é visível das edificações sãos os seus alicerces de paredes exteriores e algumas paredes interiores que fariam a compartimentação interior. Em alguns locais ainda existe a pedra de soleira das portas, sendo visíveis bocados de barro trabalhado, nomeadamente, parte de telhas romanas. Também existem pedras de granito trabalhadas com orifícios desconhecendo-se no entanto qual o seu uso.

Acessos

Cabeço dos Mouros / Barros. WGS84 (graus decimais) lat.: 39,970355; long.: -7,298191 (à freguesia)

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 67/97, DR, 1.ª série-B, n.º 301 de 31 dezembro 1997

Enquadramento

Em ambiente rural, na margem esquerda da ribeira da caniçada, numa cota superior, com exposição a S. e E..

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Agrícola e florestal: villa

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular (ocupa dois prédios rústicos)

Afectação

Época Construção

Época romana (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1996, 17 setembro - Despacho de homologação da classificação da Ministra da Cultura.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Granito, barro

Bibliografia

ALARCÃO, Jorge, Roman Portugal, Vol. II, Warminster, 1988; COSTA CABRAL, M. e Carvalho, R., Estação arqueológica dos Barros, in informação arqueológica - 1988/89, Lisboa; Idem, A villa romana de barros - Oledo. Primeira notícia, in 1ªs jornadas de arqueologia da Beira Interior - Actas, Castelo Branco; FREIRE, J. Geraldes, Vestígios arqueológicos em São Miguel de Acha, in Actas e memórias do 1º colóquio de arqueologia e História do Concelho de Penamacor, Penamacor, 1982; Idem, Estação arqueológica em São Miguel de Acha, in Reconquista, Castelo Branco, 15/11/1985; Idem, Achados arqueológicos em São Miguel de Acha, in Diário de Aveiro, Aveiro, 07/02/1986; Idem, Achados arqueológicos em São Miguel de Acha, in Diário de Coimbra, Coimbra, 07/02/1986; OLEIRO, J. Bairrão, Mosaico Romano, in História da Arte em Portugal, Vol I, Lisboa; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73339 [consultado em 14 outubro 2016].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMIAN; IGESPAR: IPPAR

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID; IGESPAR: IPPAR

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID; CMIAN; IGESPAR: IPPAR

Intervenção Realizada

IPPAR: 1990 / 1992 - escavações arqueológicas.

Observações

*1: a Câmara Municipal informou que já chegou a acordo com o IPPAR no sentido de executar o aterro da área, pois é a melhor forma de preservar o sítio; *3: a estação arqueológica foi dirigida pela Dr.a Maria Madalena Costa Cabral e Dr. Rogério Carvalho.

Autor e Data

Luís Castro 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login