Capela do Cruzeiro / Ermida do Senhor Jesus do Cruzeiro

IPA.00002739
Portugal, Évora, Viana do Alentejo, Viana do Alentejo
 
Arquitectura religiosa, barroca. Capela típica do aro eborense, tipo cuba, de planta quadrada coberta de cúpula hemisférica, edificada muito provavelmente na primeira metade de Setecentos e anterior ao Santuário de Nossa Senhora de Aires (v. PT040713020013). No interior subsistem vestígios de pinturas murais. Constitui, a par do Santuário de Nossa Senhora de Aires (v. PT040713020013), importante centro de peregrinação do Alentejo. Nela se terá guardado a imagem quatrocentista de Nossa Senhora da Piedade durante a construção do santuário.
Número IPA Antigo: PT040713020005
 
Registo visualizado 870 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta quadrada e centralizada, de um só volume cúbico coberto de cúpula hemisférica. A fachada principal é constituída pela articulação horizontal da frontaria com a cúpula. Rasgada por amplo pórtico com verga de arco perfeito, sobrepujado de luneta barroca quadrilobada, com equilibrados efeitos joaninos moldados na alvenaria e estuque, a frontaria tem remate horizontal definido pelo beirado. As restantes fachadas são cegas, com profundas marcas de encaixe de construções adventícias, porventura primevas capelas laterais em composição radial. Pelo interior, o edifício, completamemte descaracterizado pela ruína, tem cobertura cupular assente em trompas e não lhe restam elementos secundários ou ornamentais de registar.

Acessos

A c. de 200 m a SE. do Santuário de Nossa Senhora d'Aires (v. PT040713020013), junto a pequena azinhaga, no termo de Viana do Alentejo.

Protecção

Categoria: MN - Monumento Nacional, Decreto n.º 31-J/2012, DR, 1.ª série, n.º 252 de 31 dezembro 2012

Enquadramento

Rural, em planície que se estende entre Évora e a Serra de Viana, isolada e em destaque; nas imediações, a c. de 200 m a SE., o Santuário de Nossa Senhora d'Aires (v. PT040713020013) e a c. de 1150m a S. a Capela de Santo André (v. PT040713020042) e o Cemitério Público (v. PT040713020043).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: ermida

Utilização Actual

Religiosa: igreja de peregrinação

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 18 - edificação segundo Túlio Espanca ( ESPANCA, 1978, p. 456); 1975, 24 outubro - Proposta de classificação pela Junta Nacional de Educação; 1975, 31 outubro - despacho de homologação de classificação IIP - Imóvel de Interesse Público; 2008, 30 de junho - Proposta de revogação a DRCAlentejoc relativa à classificação; 2009, 30 abril - Parecer do Conselho Consultivo do IGESPAR. a propor a classificação como MN - Monumento Nacional e de ZEP conjunta com o Santuário de Nossa Senhora d'Aires (v. PT040713020013); 2009, 28 outubro - parecer da SPAA do Conselho Nacional de Cultura relativo à classificação e à ZEP; 2011, 9 de dezembro - publicado no DR nº. 235, 2ª série, o Anúncio nº. 18226/2011 de Projeto de Decisão relativo à classificação como MN do Santuário e da Capela do Cruzeiro e à fixação da respetiva ZEP; 2012, 20 fevereiro - Proposta da DRCAlentejo para a fixação de uma ZEP individual; 2012, 09 maio - Parecer favorável relativo à ZEP individual pela SPAA do Conselho Nacional de Cultura.

Dados Técnicos

Estrutura autónoma

Materiais

Alvenaria, silharia de granito, cantaria de mármore

Bibliografia

ESPANCA, Túlio, Inventário Artístico de Portugal - Distrito de Évora, vol. VIII, Lisboa, SNBA, 1978; IDEM, Santuário de Nossa Senhora d'Aires, A Cidade de Évora, nº 60; NUNES, Manuel de Castro, As Covas de Montemuro, Évora, 1993.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Observações

O monumento encontra-se em lamentável estado de degradação progressiva. Está encravada em propriedade rural de João de Brito Caiado, Av Humberto Delgado, nº 13, Alhos Vedros, 2860 MOITA, tel 01/2261119. Situa-se na freguesia de Viana do Alentejo e não de Alcáçovas. * Desde há alguns anos que este tipo de construções cúbicas e cupulares têm suscitado bastante interesse por parte dos estudiosos das influências islâmicas na arte regional. A partir de 1993, o assunto tem ainda a referência das atribuições feitas por Castro Nunes (NUNES, 1993).

Autor e Data

Castro Nunes 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login