Fábrica de Cimentos de Nacala

IPA.00032134
Moçambique, Nampula, Nacala Porto (M), Nacala Porto (M)
 
Arquitectura industrial, do século 20.
Número IPA Antigo: MZ910716000022
 
Registo visualizado 1824 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Edifício e estrutura  Extração, produção e transformação  Fábrica    

Descrição

Conjunto composto por instalações afetas a portaria, balneários, centro de saúde, refeitório, escritórios, laboratório, gabinetes de estudos e administração, oficinas gerais, central elétrica, carpintarias, homogeneização, forno, silos, hangar, tremonhas e ensacagem. Destaca-se no conjunto um corpo em forma de T (provavelmente ocupado pelos escritórios, gabinetes de estudos e administração), assente sobre pilotis e com uma grelha de betão.

Acessos

Protecção

Enquadramento

Complexo instalado num terreno de forma circular com cerca de 6ha, a cerca de 2,5kms a norte do porto da cidade de Nacala.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Extração, produção e transformação: fábrica

Utilização Actual

Extração, produção e transformação: fábrica

Propriedade

Afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

ARQUITECTO: Luiz Possolo (1960 / 1963)

Cronologia

1960 - António Champalimaud convida o arquiteto Luíz Possolo a projetar, para junto da cidade de Nacala, uma fábrica de cimentos; 1963 - data de conclusão do projeto.

Dados Técnicos

Materiais

Bibliografia

MILHEIRO, Ana Vaz, SALDANHA, José Luís, Luís Possolo. Um arquitecto do Gabinete de Urbanização do Ultramar, Lisboa, CIAAM, 2012.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

EM ESTUDO. O projecto inicial do arquitecto Luiz Possolo foi integralmente cumprido.

Autor e Data

Tiago Lourenço 2011 (projecto FCT PTDC/AURAQI/104964/2008 "Gabinetes Coloniais de Urbanização: Cultura e Prática Arquitectónica")

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login