Ponte da Ladeira dos Envendos

IPA.00003402
Portugal, Castelo Branco, Proença-a-Nova, São Pedro do Esteval
 
Ponte romana de arco que integra parte do sistema viário (Idanha - Ródão). As técnicas empregues e a ausência de siglas atestam essa origem. Repete o traçado da ponte de Vila Formosa. Esta ponte deveria fazer parte da via romana que vinha do norte, passando pela "via mourisca" da ribeira da Isna a Cardigos, por Calos, Amendoa e Envendos em direcção ao Tejo.
Número IPA Antigo: PT020508050038
 
Registo visualizado 920 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Ponte com tabuleiro inclinado e guardas laterais, assenta em seis arcos de diferentes vãos e flechas, maiores os dois centrais, decrescendo para as extremidades. Nos pégões, a montante, quatro talhamares de perfil trapezoidal a montante e rectangular a jusante; acima destes quatro canículos para o escoamento das águas das cheias. Aduelas dos arcos dispostas de forma radiante.

Acessos

EN 351 (Envendos - Carvoeiro), junto ao lugar de Venda Nova, por caminho para a aldeia de Ladeira e São Pedro do Esteval

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 251/70, DG, 1.ª série, n.º 129 de 03 junho 1970

Enquadramento

Rural, planalto. Vegetação rasteira variada, predominando fetos, oliveiras e eucaliptos, delimitando a ribeira de Pracana. Ao lado a nova ponte de Envendos. Junto à ponte e ao longo da ribeira da Pracana subsiste um troço de 6 m. de estrada romana, de lajes poligonais, com guarda de blocos aparelhados. Localizada a 2 Km. das Termas da Ladeira, o que potencia a sua valorização.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Transportes: ponte

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 01 a.C. / 01

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Séc. 01 a.C - 01 - data provável de construção; 1992 - foi concluida a montante uma nova ponte em betão armado a cota muito superior.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Paramento em quartzite, de aparelho irregular; aduelas em xisto e quartzite; argamassa de consolidação. Pavimento de calçada irregular.

Bibliografia

ALMEIDA, João de, Roteiro dos Monumentos Militares Portugueses, Lisboa, 1946; PEREIRA, Maria Amélia Horta, Monumentos Históricos do Concelho de Mação, Mação, 1970; PINTO, Paulo Mendes, (Dir.), Pontes Romanas de Portugal, Associação Juventude e Património, Lisboa, 1998; RIBEIRO, Aníbal Soares, Pontes Antigas Classificadas, MEPAT- JAE, 1998; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/73450 [consultado em 2 janeiro 2017].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DREMC

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DREMC

Intervenção Realizada

Câmara Municipal de Mação: c. de 1972 - obras de reparação em virtude dos danos causados pelas cheias que fizeram desabar o parapeito pondo a descoberto os alicerces do tabuleiro.

Observações

Autor e Data

Rosário Gordalina 1991 / Isabel Mendonça 1995

Actualização

Cecília Matias 2008
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login