Capela de São Bartolomeu das Antas

IPA.00003522
Portugal, Viana do Castelo, Paredes de Coura, Rubiães
 
Arquitectura religiosa, quinhentista e de transportes e comunicações, romana. Capela alpendrada de planta longitudinal composta por nave e capela-mor, muito remodelada e de grande simplicidade.
Número IPA Antigo: PT011605200010
 
Registo visualizado 1169 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício  Religioso  Templo  Capela / Ermida  

Descrição

Planta composta por nave única e capela-mor, precedida de alpendre e com sacristia adossada à fachada S. da capela-mor e nave. Volumes articulados com coberturas diferenciadas em telhado de duas águas na nave e capela-mor, de uma água na sacristia e de três águas no alpendre, rematadas em beirada simples. Fachadas rebocadas e pintadas de branco, com faixa a cinzento, apresentando as fachadas N. e S. embasamento granítico levemente proeminente, e com cunhais coroados por pináculos piramidais com bola, sobre plintos paralelepipédicos. Fachada principal orientada, com alpendre sustentado por dois robustos marcos miliários, fechado por parede a S. à qual se encosta, pelo interior, branco granítico (v. PT011605200001). Nave com fachada terminada em empena, coroada por cruz latina sobre acrotério; sobre o alpendre rasga-se pequeno vão rectangular, sem moldura, e sobre o cunhal N. surge sineira em arco, provido de sino. Portal em arco de volta perfeita de aduelas graníticas. O alpendre tem pavimento de cimento e teto de madeira, em masseira. Duas arcas tumulares simples em granito, de contorno trapezoidal e tampa plana, flanqueiam o portal. Fachada lateral esquerda com capela-mor rasgada por porta de verga reta, moldurada, e a lateral S. por janela na nave, sem molduras e gradeada, e por vão quadrangular na sacristia, igualmetne sem molduras e gradeada. Fachada principal cega e terminada em empena.

Acessos

Rubiães, Lugar de Antas no extremo O. da freguesia, no topo E. do lugar

Protecção

Incluído na Zona de Proteção dos 14 Marcos Miliários (série capela) Braga a Tuy (v. PT011605200001)

Enquadramento

Rural, isolado. A capela ergue-se a N. da via pública, inserido em adro relvado, sustentado a S. por muro de contenção de terras, possuindo a delimitar o adro quatro marcos miliários (v. PT011605200001). Fronteiro à capela, para O., desenvolve-se muro extenso e alto do Solar das Antas (v. PT011605200006) e junto ao qual se ergue cruzeiro simples.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Religiosa: capela

Propriedade

Privada: Igreja Católica

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 19 / 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1592 - estava construída a capela de São Bartolomeu por ordem de Lopo de Antas, morgado do Paço de Antas, para ali ser sepultado, o qual "gastou muito com três capelães para dizerem aqui missa quotidiana e com as muitas e avultadas esmolas que dava aos peregrinos que iam a S. Tiago" (ALMEIDA, 1866 cit. em ARAÚJO, 1982); 1734, cerca - Argote refere a capela em ruínas e um marco miliário; 1734, posterior a - reconstrução da capela com provável integração [ou reintegração] dos marcos miliários no alpendre (ARAÚJO, 1982); 1866 - referência a estarem "diante da porta da capela seis colunas de pedra inteiras, com letras..." (ALMEIDA, 1866); 1870 / 1880 - os marcos estavam "quase de todo embutidos" na parede S. do adro estando invertido um dos marcos que hoje se encontra a delimitar o lado N. do adro; 1881, 18 Outubro - Martins Sarmento com Dr. Narciso Alves verificou que na capela existiam cinco e não três miliários como até ali se supunha; 1973, anterior a - cinco marcos miliários estariam dispostos na capela, três sustentando o alpendre a O. e dois embebidos no muro que fecha o alpendre a S.; 1973, Agosto - obras no interior e exterior da capela tendo sido retirados os marcos miliários embebidos no muro S. do alpendre bem como o que sustentava o alpendre ao centro pelo lado O. e colocados dois no limite N. do adro, junto à via e um, tombado, junto à parede S. da capela; junto a muro a E. do adro um outro miliário danificado encontrava-se tombado (ARAÚJO, 1982); 2002, 28 Maio - deliberado em sessão extraordinária da Assembleia Municipal, a Câmara atribuir um subsídio no valor de 7.500$00 destinado a comparticipar nas obras a levar a cabo no recinto da capela; o pagamento do subsídio seria efectuado mediante a celebração de protocolo entre as partes.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura rebocada e pintada; placa de betão; molduras dos vãos, fogaréus e sineira em grantino; grades de ferro; portas de ferro; pavimento do adro em cimento; teto do adro em madeira; cobertura de telha.

Bibliografia

ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de, Alto Minho, Lisboa, 1987; ALMEIDA, José Avelino de, Dicionário abreviado de Corografia, Topografia e Arqueologia das Cidades, Vilas e Aldeias de Portugal, Valença, 1866; ARAÚJO, José Rosa de, Os Miliários da Estrada Romana de Braga a Tuy, O Distrito de Braga, 5, 1982, pp. 121 - 246; ARGOTE, Gerónimo Contador de, Memórias para a História Eclesiástica do Arcebispado de Braga, Lisboa, 1734; CAPELA, Martins, Miliários do Conventus Bracaraugustanus em Portugal, Porto, 1895; CUNHA, Narcizo C. Alves da, No Alto Minho. Paredes de Coura, 1909; MELO, Maria de Fátima da Silva, Arqueologia do concelho de Ponte de Lima, Faculdade de Letras, Lisboa, 1967; SANTOS, Luciano A. dos, Miliários Inéditos da Via Romana de Braga a Tuy, Sep. da Rev. Arquivo do Alto Minho, vol. 24, Viana do Castelo, 1979; SARMENTO, Francisco Martins, Inscrições Inéditas in Boletim da Real Associação dos Architectos Civis e Archeologos Portuguezes, tomo 4, nº 4 / 5, série 2, Lisboa 1883 / 1884, p. 58 - 59 / p. 69 - 70; SARMENTO, Martins, Os Marcos miliários de S. Bartolomeu das Antas, A Revista Moderna, 2, Porto, 1882.

Documentação Gráfica

DGPC: DGEMN:DSID

Documentação Fotográfica

DGPC: DGEMN:DSID, SIPA

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1881, cerca - pequenas obras na capela.

Observações

Autor e Data

Alexandra Cerveira 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login