Casa e jardins da família Barbot

IPA.00003809
Portugal, Porto, Vila Nova de Gaia, União das freguesias de Santa Marinha e São Pedro da Afurada
 
Arquitectura civil privada, Arte Nova.
Número IPA Antigo: PT011317160012
 
Registo visualizado 151 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Edifício        

Descrição

Planta composta. Desenvolvimento vertical. Cobertura diferenciada. Edifício composto por três pisos, funcionando um deles como cave. Ao nível da cave situam-se as dependências de copa, cozinha, quarto de empregada, casa de banho de serviço, garrafeira e quarto de arrumos. Ao nível do rés-do-chão, as áreas de cozinha, dispensa e copa, as salas de aperitivos, jantar, jogos, de bengaleiro, de visitas de fumo, bem como a saleta. Por fim, e ao nível do andar, encontram-se as áreas dos quartos e saleta de arrumos, casas de banho e terraço.

Acessos

Avenida da República

Protecção

IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 28/82, DR, 1.ª série, n.º 47 de 26 fevereiro 1982

Grau

1 – imóvel ou conjunto com valor excepcional, cujas características deverão ser integralmente preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Monumento Nacional.

Enquadramento

Urbano, flanqueado, destacado, separado por jardins e prédio urbano a S.

Descrição Complementar

A "Casa Barbot" expressa a arquitectura do granito trabalhado com belos motivos decorativos arte-nova, em azulejos, grafes, estuques e vidros. O edifício Arte-Nova é ainda completado por um típico jardim da época, com estufas, pequeno lago, grutas e mirante.

Utilização Inicial

Residencial

Utilização Actual

Administrativo / Cultural

Propriedade

Pública: Municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

1912 / 1914 - Edificação; 1984 - os acessos às estações de Caminho de Ferro de Gaia (Devessas) e Porto (Campanhã), para a construção da futura ponte ferroviária geram polémica entre o Gabinete da Ponte, a Proprietária do edifício e a Câmara de Gaia; 1988 - o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), inspecciona a casa; 1988 - obras gerais e intervenção nos jardins; era proprietária da casa Zaida Barbot; 2000, cerca de - aquisição do imóvel pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia à família Barbot; a casa encontra-se em mau estado de conservação; 2007, 3 Fevereiro - abertura da casa após a 1ª fase das obras de recuperação, podendo receber eventos culturais de pequeno formato.

Dados Técnicos

Estrututura mista

Materiais

Paredes de alvenaria de granito rebocado, granito aparente, madeira, ferro, azulejos, mosaico, vidro, estuque.

Bibliografia

MACEDO, Diogo de, Gaia, a de nome e renome, Lisboa, 1963; PEREIRA, Lúcia, Casa Barbot abre aos gaienses in O Primeiro de Janeiro, 30 Janeiro 2007; LEITE, Maria João, Casa Barbot Abre à Cultura in Metro do Porto, 2 Fevereiro 2007; VASCONCELOS, Eduarda, Cultura de Gaia na Casa Barbot in O Primeiro de Janeiro, 4 Fevereiro 2007.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IPPAR (DPA-6-11-3/25-17(2))

Intervenção Realizada

1988 - obras gerais e intervenção nos jardins; CMVNG: 2006 - Encontra-se em conclusão a 1ª fase de obras de recuperação, que consistiu na recuperação do chão, paredes e madeiras.

Observações

A "Casa Barbot" e os jardins constituem uma unidade que, dissociada, quebrará o perfil histórico, arquitectónico e artístico que o imóvel patenteia. Assim, considera-se da máxima importância a preservação da unidade que a casa e os jardins constituem. Alerta-se ainda mais uma vez para o perigo de vir a registar-se uma mais profunda alteração da envolvente.

Autor e Data

Isabel Sereno 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login