Ponte do Arco

IPA.00003810
Portugal, Porto, Marco de Canaveses, Várzea, Aliviada e Folhada
 
Ponte de provável construção medieval, de um arco quebrado, com tabuleiro em cavalete, protegido por guardas e contrafortes em cantaria. Apresenta contrafortes, com talha-mar triangular a montante e o talhante quadrangular a jusante, este último surge a separar o arco maior de um segundo arco mais pequeno, cujo fecho foi substituído por uma pedra de padieira.
Número IPA Antigo: PT011307070021
 
Registo visualizado 1183 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Ponte de tabuleiro em cavalete assente em arco quebrado, com aduelas altas e estreitas. No intradorso apresenta, dois níveis de agulheiros para encaixe dos cimbres. Assenta ainda num segundo arco mais pequeno, situado na margem esquerda, e cujo fecho foi substituído por uma pedra de padieira. Possui contrafortes, com talha-mar triangular a montante e o talhante quadrangular a jusante, situado entre o arco quebrado e o arco mais pequeno. O tabuleiro apresenta o pavimento em lajeado de granito, tendo sobreposto um tapete betuminoso, protegido por guardas formadas por silhares de cantaria irregular. Do lado S., da margem esquerda, surge a praia fluvial, com acesso por rampas em terra batida, com declive acentuado, ladeados por pequenos muros de cantaria, pontuados por algumas árvores.

Acessos

EM de ligação entre Marco de Canaveses e Amarante pela serra, Km 6500, à direita por caminho para os lugares de Folhada e Várzea de Ovelha e Aliviada, surge o rio Ovelha junto do Lug. do Arco

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 28/82, DR, 1ª série, n.º 47 de 26 fevereiro 1982

Enquadramento

Rural, isolada. Ergue-se sobre o rio Ovelha no seu curso de montanha, sobre afloramentos rochosos, rodeada de densa vegetação arbórea e arbustiva. Do lado S., da margem esquerda, surge a praia fluvial, numa área de grande interesse paisagístico. Do lado N., da margem direita, no alinhamento do tabuleiro, erguem-se umas alminhas (v. PT011307070044).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Transportes: ponte

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Época medieval (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Época medieval - provável construção da ponte; 1985 - colocação de novo pavimento no tabuleiro da ponte.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Ponte com estrutura, guardas e pavimento primitivo em granito; actual pavimento revestido com tapete betuminoso.

Bibliografia

Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, Inventário, Lisboa, 1993, vol. II, Distrito do Porto, p. 31.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID; DGEMN / DREMN

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN / DSID; DGEMN / DREMN

Intervenção Realizada

CMA: 1985 - Consolidação do pavimento com um tapete de betão sobre o lajeado irregular.

Observações

Fazia a ligação entre Soalhões e Tabuaço com Amarante.

Autor e Data

Isabel Sereno / Paulo Dordio 1994

Actualização

Sónia Basto 2007
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login