Cruzeiro do Senhor da Boa Passagem

IPA.00003887
Portugal, Porto, Marco de Canaveses, Marco
 
Cruzeiro setecentista de alpendre.
Número IPA Antigo: PT011307210012
 
Registo visualizado 1003 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Cruzeiro  Cruzeiro de caminho  Tipo alpendrado com cruz

Descrição

Crucifixo inserto num alpendre, estando a imagem enquadrada por um vão rectangular rasgado na parede da retaguarda rematado por um dintel em arco abaulado, sendo colocado sobre uma base decorada com uma vieira, sobre a qual se menciona, numa inscrição de três regras, o Sr. da Boa Passagem. O alpendre, assente num plinto com c. de 1 m de altura construído com blocos graníticos, está suportado por duas colunas prismáticas, sobrepujado por um dintel em arco abaulado, sendo coberto por um telhado de três águas assente numa cornija simples. Na empena traseira apresenta uma cruz em pedra. O alpendre está fechado com um gradeamento, tendo como acesso umas escadas metálicas, instaladas do lado esquerdo do monumento, sob um pequeno portão integrado no gradeamento, apresentando na frontaria uma caixa de esmolas. Na retaguarda e sob a cruz da empena, encontra-se uma inscrição latina numa cartela, estando o campo epigráfico emoldurado por uma linha incisa.

Acessos

Lugar da Ordem, ao km 10 da EN 211

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 516/71, DG, 1ª série, n.º 274 de 22 novembro 1971

Enquadramento

Urbano, num pequeno terreiro murado, sobranceiro à Igreja de S. Nicolau.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: cruzeiro

Utilização Actual

Religiosa: cruzeiro

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese do Porto)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18 (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 18 - provável construção.

Dados Técnicos

Paredes em alvenaria irregular, com colunas, dintel e cornija em cantaria bem aparelhada.

Materiais

Estrutura em granito, com uniões em cimento, gradeamento e escadas de ferro, cobertura em madeira telhada.

Bibliografia

AGUIAR, Manuel Vieira de, Descrição histórica, corográfica e folclórica de Marco de Canaveses, Porto, 1947, p. 292; COSTA, Américo, S. Nicolau, in Dicionário Corográfico de Portugal Continental e Insular, 11, Porto, 1948, p. 20; DIONÍSIO, Santana, Guia de Portugal, 4, Lisboa, s/d, p. 613.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID; Diocese do Porto: Secretariado Diocesano de Liturgia

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DREMN

Intervenção Realizada

1988 - apeamento e reconstrução no local que actualmente ocupa, em virtude de ficar afectado pela albufeira da barragem do Torrão.

Observações

Este padrão ficava junto à entrada da velha ponte românica (destruída em 1944) e ao lado da capela de São Lázaro, integrado na antiga Rua de Canaveses, arruamento principal do extinto concelho de Canaveses. No interior do alpendre são colocados círios, o que provoca a fumigação das paredes.

Autor e Data

Isabel Sereno e Paulo Amaral 1994

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login