Troço da Calçada Romana de Guardão

IPA.00004277
Portugal, Viseu, Tondela, Guardão
 
Arquitectura de comunicações e transportes, romana. Estrada
Número IPA Antigo: PT021821080012
 
Registo visualizado 544 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Via  Via romana  

Descrição

De diferenciada largura, por sobreposição de algumas habitações, com traçado longilíneo, percorre a encosta, em percurso sinuoso, terminando abruptamente, em ambos os lados, pelo actual empedramento da via pública. De lajedo de razoável consolidação e dimensões, o traçado é interrompido no seu último terço, pelo entroncamento de uma via secundária que o trunca.

Acessos

EN 230, ao Km 60,1 para Guardão de Baixo, junto à Igreja, em frente ao portão do cemitério

Protecção

Categoria: IM - Interesse Municipal, Decreto n.º 26-A/92, DR, 1.ª série-B, n.º 126 de 01 junho 1992

Enquadramento

Urbano; meia encosta; destacado; flanqueado por habitações e muro do cemitério. Um cruzeiro implanta-se no troço.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: via romana

Utilização Actual

Transportes: via

Propriedade

Pública: estatal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Época romana

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

Época romana - construção.

Dados Técnicos

Estrutura autónoma.

Materiais

Granito.

Bibliografia

PEDRO, Ivone, VAZ, João L. Inês, ADOLFO, Jorge, Roteiro Arqueológico da Região de Turismo Dão Lafões, Viseu, 1994.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID

Intervenção Realizada

Observações

A via é utilizada como arruamento. Sob o empedrado moderno que, desde a porta do cemitério, chega à EN 230, encontra-se o resto da calçada, que foi coberta com areão e sobre ele se calcetou a via.

Autor e Data

João Carvalho 1997

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login