Ponte do Bairro

IPA.00000485
Portugal, Porto, Marco de Canaveses, Livração
 
Arquitectura civil pública, medieval. Ponte medieval de tabuleiro plano assente sobre arco de volta perfeita, sem parapeitos laterais.
Número IPA Antigo: PT011307190030
 
Registo visualizado 504 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

Categoria

Monumento

Descrição

Ponte de tabuleiro plano assente num arco de volta perfeita, sem parapeitos laterais. Arco de aduelas de diferentes comprimentos, apresentando dois níveis de agulheiros do cimbre. Paramentos laterais combinando diversos aparelhos, de fiadas regulares e ajustadas na zona inferior e mais soltas e desajustadas em cima. Tabuleiro de pavimento com empedrado miúdo. A jusante, o paramento lateral é percorrido por cabos eléctricos suspensos por ganchos metálicos.

Acessos

EN 312, entre os Kms. 110 e 111, desvio para o lugar de Bairro, situando-se a ponte a c. de 100 m

Protecção

Inexistente

Grau

2 - imóvel ou conjunto com valor tipológico, estilístico ou histórico ou que se singulariza na massa edificada, cujos elementos estruturais e características de qualidade arquitectónica ou significado histórico deverão ser preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Imóvel de Interesse Público.

Enquadramento

Rural. A ponte encontra-se lançada sobre o Rio Odres, num vale agrícola.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Equipamento e transporte: Ponte

Utilização Actual

Equipamento e transporte: Ponte com circulação rodoviária

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Época Construção

Idade Média (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Idade Média - Época provável de construção.

Características Particulares

O primitivo tabuleiro em cavalete encontra-se sob o actual tabuleiro plano.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Granito.

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

A observação dos paramentos laterais revela, pela disposição das fiadas, nomeadamente a que assinala o antigo nível do pavimento, que a ponte possuía originalmente tabuleiro em cavalete. Os parapeitos encontram-se agora integrados nos paramentos, tendo servido para suster a caixa de enchimento necessária para fazer elevar o tabuleiro até à posição actual.

Autor e Data

Isabel Sereno / Ricardo Teixeira 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login