Igreja Matriz de Aguçadoura / Igreja de Nossa Senhora da Boa Viagem

IPA.00005235
Portugal, Porto, Póvoa de Varzim, União das freguesias de Aguçadoura e Navais
 
Arquitectura religiosa, modernista. Igreja modernista de planta longitudinal e uma só nave marcada por uma intenção monumentalizante e uma linguagem modernizada ao nível dos materiais face a um interior convencional. Fachada principal com torre sineira no eixo, formando fachada-torre.
Número IPA Antigo: PT011313020017
 
Registo visualizado 160 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

Categoria

Monumento

Descrição

Planta longitudinal composta por nave e capela-mor rectangular, não existindo coincidência entre o exterior e interior, anexos e casa paroquial de dois pisos adossados de ambos os lados da capela-mor. Disposição horizontal das massas exceptuando a torre sineira quadrangular no eixo central da fachada principal. Volumes escalonados, com coberturas diferenciadas em telhados de duas e uma águas; torre com remate em coruchéu. Embasamento marcado ligeiramente proeminente. Fachada principal orientada a NO., organizada em três panos separados por falsas pilastras coroadas por pináculos, sendo o central rematado em cornija recta com empena ao centro e os laterais inclinados. Portal com tímpano e arquivoltas de forma triangular, flanqueado por pilastras rematadas por pinhas inscritas. Sobrepuja a padieira do portal, vão tríptico de iluminação marcado por dois mainéis apoiando arcos quebrados. No eixo nicho em que se inscreve escultura de vulto, representando Nossa Senhora da Boa Viagem. Nos panos laterais dispõem-se simetricamente dois vãos estreitos e de arco quebrado sobre os quais se inscreve nicho com escultura de vulto. Torre de ângulos cortados na metade superior, apresentando quatro relógios encimados por vãos sineiros e cornija interrompida nos ângulos onde surgem pináculos a rematar o conjunto. Fachadas laterais simétricas estruturadas em quatro panos e ritmadas por portas e vãos de iluminação de verga triangular na área correspondente à nave e janelas nos corpos que flanqueiam a capela-mor. Fachada orientada a SE. de um só pano apresenta em simetria duas lancetas. No interior, coro-alto projectado para a nave e integrando volume da torre com paredes de perfil recortado. No sub-coro duas capelas laterais simetricamente dispostas em arco quebrado, representando, a do lado da Epístola, o purgatório em azulejo figurativo e do lado do Evangelho, o baptismo de Cristo. Nave e capela-mor com lambril de azulejo padronizado, presbitério apresentando lambril de mármore. Na nave dispõem-se simetricamente portas, púlpitos e capelas. Sobre as capelas tríforas com sacada e guardas de madeira. Arco triunfal quebrado. Pavimento de madeira e tecto de perfil pentagonal em lacunários artesoados, na nave e capela-mor. Esta apresenta pavimento de madeira formando tapete central. Degraus de acesso ao presbitério e pavimento em mármore. Retábulo com embasamento em mármore, trono central ladeado de edículas com esculturas de vulto.

Acessos

Rua Central

Protecção

Inexistente

Grau

2 - imóvel ou conjunto com valor tipológico, estilístico ou histórico ou que se singulariza na massa edificada, cujos elementos estruturais e características de qualidade arquitectónica ou significado histórico deverão ser preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Imóvel de Interesse Público.

Enquadramento

Periurbano, planície, em cota ligeiramente mais elevada. Isolado, separado por adro pavimentado em basalto, com acesso por escadaria colocada a NO.. Na proximidade encontra-se a fachada da anterior Igreja.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: igreja paroquial

Utilização Actual

Religiosa: igreja paroquial

Propriedade

Privada: Igreja Católica (Diocese de Braga)

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 20

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Séc. 20, década de 50 - Construção; 1974 - colocação dos bancos.

Características Particulares

Igreja construída com linguagem revivalista neogótica.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Tijolo, granito, betão, madeira, mármore, ferro, vitral, azulejo, cobertura de telha.

Bibliografia

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

*1 - A festa da Padroeira, Nossa Senhora da Boa Viagem, realiza-se em Julho, no domingo mais próximo do dia 25 de Julho; * 2 - A coluna, que no sub-coro, surge do lado da Epístola, apresenta placa com a seguinte inscrição: "Os bancos desta Igreja são oferta dos filhos desta terra radicados no Brasil. Aguçadoura, 25.12.74".

Autor e Data

Isabel Sereno / Elvira Rebelo 1998

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login