Santuário Rupestre de Argeriz

IPA.00005826
Portugal, Vila Real, Valpaços, Algeriz
 
Santuário rupestre romano formado por dois tanques de planta rectangular dispostos paralelamente.
Número IPA Antigo: PT011712030010
 
Registo visualizado 1020 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Religioso  Santuário rupestre    

Descrição

Santuário rupestre constituído por dois tanques de formato rectangular cavados na superfície de um extenso rochedo granítico pouco pronunciado da superfície do solo. Estas cavidades estão dispostos paralelamente e encontram-se ladeadas por degraus debastados no afloramento, lateralmente ao eixo menor dos tanques, conduzindo à parte superior do rochedo, para assentamento de estruturas. Numa das faces laterais do penedo, encontra-se uma inscrição, provavelmente latina, muito erosionada, da qual resta a expressão APADAV.

Acessos

Argeriz, caminho de pé posto a partir do km 157 da EN 206

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 29/84, DR, 1.ª série, n.º 145 de 25 junho 1984

Enquadramento

Rural, isolada, plataforma em encosta de pendor suave coberta com pinhal, sobranceira a uma linha de água afluente do Ribº de Alfonge.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: santuário rupestre

Utilização Actual

Cultural e recreativa: marco histórico-cultural

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Época Construção

Época romana

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Época romana - construção.

Dados Técnicos

Encaixes de assentamento das estruturas escavados no afloramento.

Materiais

A estrutura assenta num bloco granítico.

Bibliografia

RODRÍGUEZ COLMENERO, António, Galicia Meridional Romana, Bilbao, 1977, p. 320 - 327; FREITAS, Adérito Medeiros, As Pias dos Mouros. Argeriz - Carrazedo de Montenegro, Trabalhos de Antropologia e Etnologia, 23 (2 - 3), Porto, 1978, p. 253 - 266; TRANOY, Alain, La Galice Romaine. Recherches sur le nord-ouest de la péninsule ibérique dans l'Antiquité, Paris, 1981, p. 340; SILVA, Armando Coelho Ferreira da, A Cultura Castreja do Noroeste de Portugal, Paços de Ferreira, 1986, p. 301 - 302; RODRÍGUEZ COLMENERO, António, Aquae Flaviae. I Fontes Epigráficas, Chaves, 1987, p. 647; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/74444 [consultado em 11 janeiro 2017].

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

DGEMN, DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Dado o carácter incompleto da inscrição desconhece-se se revestia uma natureza jurídica ou religiosa. ( 1 ) A inscrição encontra-se exposta à erosão atmosférica

Autor e Data

Isabel Sereno / Paulo Amaral 1993

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login