Passos da Via Sacra de Miragaia

IPA.00001098
Portugal, Porto, Porto, União das freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, São Nicolau e Vitória
 
Arquitectura religiosa, barroca. Passos de antiga Via Sacra de planta quadrada simples, cobertos por lajes de granito formando duas águas, com interior em abóbada de berço, falsa e em estuque na Capela do Senhor dos Passos. Fachada principal com pilastras nos cunhais, suportando entablamento dórico e frontão interrompido por vieira, sendo rasgada por portal em arco de volta perfeita. No interior, a Capela do Senhor dos Passos possui imagem do Senhor dos Passos e a Capela de São Nicolau grupo escultórico alusivo ao quinto passo - Simão Cireneu ajuda Jesus a levar a cruz -, inserido num retábulo de talha barroca.
Número IPA Antigo: PT011312080049
 
Registo visualizado 538 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Conjunto arquitetónico  Estrutura  Religioso  Via Sacra    

Descrição

Grupo de dois Passos da Via Sacra, com estrutura e decoração idênticos, em cantaria de granito. Possuem planta quadrangular, de massa simples e cobertura de duas águas em lajes de granito. A fachada principal, na Capela do Senhor dos Passos virada a N. e na Capela de São Nicolau virada a S., apresenta pilastras nos cunhais, de fuste parcialmente côncavo e superiormente marcado por elemento curvo, de capitéis toscanos, suportando arquitrave, com friso ornado de métopas, sobre o qual assenta frontão curvo interrompido por silhar inscrito com IHS (Iesus Hominum Salvator - Jesus Salvador dos Homens) encimado por cornija e vieira. Ao centro, abre-se portal em arco de volta perfeita, de aduelas marcadas, assentes em pilastras, com porta de ferro envidraçada, pintada de verde escuro, ornada com motivos geométricos e com dois pequenos orifícios para colocação de esmolas (no portal do Passo de São Nicolau, existe um só orifício com a inscrição ESMOLAS), e cruz grega e IHS na bandeira; o portal é enquadrado por seguintes em ponta de diamante. A Capela do Senhor dos Passos apresenta fachadas laterais rebocadas e pintadas, terminadas em friso e cornija, bastante avançada. O INTERIOR DA CAPELA DO SENHOR DOS PASSOS é rebocado e pintado de branco, com silhar de cantaria e um outro de azulejos de padrão monócromo azul sobre fundo branco, com símbolos da Paixão (coroa de espinhos e três cravos). Pavimento em lajes de cantaria e cobertura em falsa abóbada de berço. Encostada à parede testeira, existe um altar de betão com imagem do Senhor dos Passos, em madeira, prostrado no chão, segurando a cruz com a mão direita e apoiando-se com a esquerda. INTERIOR DA CAPELA DE SÃO NICOLAU em cantaria aparente com juntas cimentadas, pavimento em lajeado e cobertura em abóbada de berço. Na parede testeira, retábulo em talha policromada a branco com elementos dourados, de planta recta e um eixo definido por duas colunas torsas com espira fitomórfica e capitéis coríntios, assentes em plintos paralelepipédicos com faces ornadas de acantos, e encimados por urnas. Ático em cornija contracurvada coroada por enrolamentos vegetalistas vazados e cartela com cruz e inscrição IHS, encimado por vieira. Sob o ático, placa suspensa por cordão, com a inscrição S.P.Q.R. (Senatus Populusque Romanus - O Senado e Povo Romano). O interior do nicho, pintado com o firmamento, alberga doze imagens, em madeira policroma, representando o momento em que Simão Cireneu ajuda Jesus a levar a cruz. Entre as figuras, contam-se as Santas Mulheres, uma delas de roca, outra assenta numa tábua de madeira e outra ainda tem criança ao colo; as restantes são masculinas, uma figura de roca, três oficiais do exército romano assentes em tábua de madeira, um tocador de flauta, um outro com braço mutilado e um jovem.

Acessos

Rua da Pena Ventosa, Rua São Sebastião (Capela do Senhor dos Passos); Rua do Infante D. Henrique (Capela de São Nicolau)

Protecção

IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 95/78, DR, 1ª série, n.º 210, de 12 setembro 1978 (Capela do Senhor dos Passos) / Incluído no Centro Histórico (v. PT011312140163), na Zona Histórica da Cidade do Porto (v. PT011312070086) e na Zona Especial de Proteção da Igreja de São Francisco (v. PT011312130005) (Capela de São Nicolau)

Grau

2 - imóvel ou conjunto com valor tipológico, estilístico ou histórico ou que se singulariza na massa edificada, cujos elementos estruturais e características de qualidade arquitectónica ou significado histórico deverão ser preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Imóvel de Interesse Público.

Enquadramento

Urbano. Integração harmónica em pleno centro histórico e em pontos de elevado valor patrimonial. A Capela do Senhor dos Passos está adossada ao muro de suporte das escadas de acesso à Casa da Câmara (v. PT011312140228), e junto às Escadas da Sé, que conduzem ao Terreiro de D. Afonso Henriques, onde se localiza a Sé do Porto (v. PT011312140001), o Pelourinho (v. PT011312140018) e o Paço Episcopal (v. PT011312140007). Na plataforma superior, orientada a SO., ergue-se a Estátua de Vímara Peres e o Chafariz de São Miguel (v. PT011312140014). A Capela de São Nicolau, com grande proximidade ao Rio Douro, integra-se no muro de suporte onde se erguem a Igreja de São Francisco (v. PT011312130005), a Igreja dos Terceiros de São Francisco (v. PT011312130251), a Casa do Despacho da Venerável Ordem Terceira de São Francisco (v. PT011312130040) e o Palácio da Bolsa (v. PT011312130051). A S., do outro lado da rua, localiza-se a Igreja Paroquial de São Nicolau (v. PT011312130266).

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: Via Sacra

Utilização Actual

Religiosa: Via Sacra

Propriedade

Pública: estatal (Capela do Senhor dos Passos) / Privada: Igreja Católica (Passo de São Nicolau)

Afectação

Sem afetação

Época Construção

Séc. 18

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido.

Cronologia

1745 - Data da construção das capelas da Via Sacra, pela Ordem dos Agostinhos Descalços, sediados no Convento de São Lourenço ou dos Grilos (v. PT011312130050); 1834 - depois da extinção das Ordens Religiosas, deixou de se realizar a procissão do Senhor dos Passos; séc. 19, final / séc. 20, início - colocação do silhar de azulejos na Capela do Senhor dos Passos; 1983 - a mesma capela ainda possuía pavimento em ardósia e altar de madeira pintado; 1975 - correspondência trocada entre a Direcção-Geral dos Assuntos Culturais e a DGEMN, relativamente à necessidade de obras de conservação na Capela do Senhor dos Passos; 1983 - ofícios da Fábrica da Igreja da Paróquia da Sé do Porto, da Direcção dos Serviços Centrais e Culturais da Câmara Municipal do Porto, e do Museu Nacional Soares dos Reis solicitando obras de recuperação na Capela do Senhor dos Passos *3; 1984 - ainda se realiza, na zona envolvente à Capela do Senhor dos Passos, o mercado de peixe com as vendedeiras da R. Escura; 1986 - conclusão do Mercado de Levante de São Sebastião e transferência das vendedeiras para esse local; 1992, 01 junho - a Capela do Senhor dos Passos é afeta ao Instituto Português do Património Arquitetónico, pelo Decreto-lei 106F/92, DR, 1.ª série A, n.º 126.

Dados Técnicos

Sistema estrutural de paredes portantes.

Materiais

Estrutura, cobertura e pavimento em granito; paredes e tecto da Capela do Senhor dos Passos rebocado, estucado e pintado; silhar de azulejos estampados; caixilharias e porta em ferro pintado de verde escuro; vidros simples; imagens de madeira policroma.

Bibliografia

GRAÇA, Marina, PIMENTEL, Helena, Seis Percursos pelo Porto Património Mundial, 2002; QUARESMA, Maria Clementina, Inventário Artístico de Portugal: Cidade do Porto, Vol. XIII, Lisboa, 1995; IPPAR, Património Arquitectónico e Arqueológico Classificado, Distrito do Porto, Lisboa, 1993.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN / DSID, DGEMN / DREMN (Capela do Senhor dos Passos)

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID, DGEMN / DREMN (Capela do Senhor dos Passos)

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN / DREMN (Capela do Senhor dos Passos)

Intervenção Realizada

Observações

*1 - A Capela do Senhor dos Passos insere-se na freguesia de Miragaia e a de São Nicolau na freguesia de São Nicolau. *2 - A Igreja Paroquial de São Nicolau pediu à Igreja de São João Novo para cuidar do Passo. *3 - Segundo a DREMN, era essencial a realização dos seguintes trabalhos: reconstrução total da cobertura; execução de um dreno de condução das águas pluviais nas fachadas lateral e posterior, bem como a construção de caleira em cantaria no coroamento das mesmas fachadas; execução de rufos em zinco no tardoz do frontal; refechamento das juntas exteriores das pilastras de cantaria e reconstrução dos rebocos dos restantes paramentos, incluindo a impermeabilização; desmonte, restauro e reposição do altar em madeira pintada; levantamento e novo assentamento dos azulejos interiores; picagem dos paramentos das paredes e do tecto em abóbada incluindo o refechamento das juntas; levantamento do pavimento de ardósia e novo assentamento sobre caixa de betonilha impermeabilizado.

Autor e Data

Isabel Sereno 1994 / Sónia Basto 2005

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login