Rotas

Pesquisa Avançada

Lista de Rotas

Os Impérios do Espírito Santo na Ilha Terceira

Quaresma / Público em geral / Automóvel
 

Clique aqui para efectuar o download da versão SIG da presente rota.

A presente rota pretende dar a conhecer um conjunto significativo de Impérios da Ilha Terceira, em torno dos quais se desenvolve uma das tradições mais enraizadas na sociedade açoriana, a que estão associadas as festas populares por excelência na Ilha.

Império é a denominação do pequeno templo de tipologia única no panorama arquitetónico nacional onde, entre o domingo de Páscoa e os domingos de Pentecostes ou da Trindade, predominantemente, se venera o Espírito Santo nos Açores. À volta dos Impérios desenvolvem-se durante vários dias as festividades do Espírito Santo, imbuídas de um ideal caritativo e compostas por um conjunto de cerimónias religiosas e profanas: a “coroação” do Imperador Menino, o desfile de cortejos e o bodo de pão e de carne.

Os Impérios do Espírito Santo na Ilha Terceira

Rota da Topiária

Primavera / Público em geral / Automóvel
 

Clique aqui para efectuar o download da versão SIG da presente rota.

A rota da topiária aqui apresentada destina-se a proporcionar ao público em geral a possibilidade de tomar contacto com as obras de arte, esculpidas na Natureza, que o Homem cria desde há longa data com mestria e criatividade.

Rota da Topiária

Rota das Elevações Sagradas no Alto Douro Vinhateiro

Outono / Público em geral / Automóvel
 

A presente rota pretende mostrar um percurso de paisagens deslumbrantes da Região do Alto Douro Vinhateiro, captadas a partir de pontos elevados, carregados de espiritualidade, que coroam alguns montes.

Rota das Elevações Sagradas no Alto Douro Vinhateiro

Rota dos faróis - Rota 1, Farol de torre prismática com edifício(s) anexo(s)

Verão / Público em geral / Automóvel
 

O Farol, equipamento de gestão de tráfego marítimo através de uma luz de sinalização, surge em várias formas de acordo com a época de construção, a sua localização e o tipo de material utilizado na sua construção.

A rota proposta surge através da análise da tipologia da torre dos faróis:

Rota 1 - Farol de torre prismática com edifício(s) anexo(s) – 25 faróis

Rota dos faróis - Rota 1, Farol de torre prismática com edifício(s) anexo(s)

Rota dos faróis - Rota 2, Farol de torre circular com edifício(s) anexo(s)

Verão / Público em geral / Automóvel
 

Os faróis consistem em luzes de aviso à navegação, localizadas em estruturas elevadas, geralmente torres construídas para esse efeito, podendo ter diferentes características, identificando assim um ponto da costa específico.

Esta rota surge através da análise dos diferentes tipos de torre dos faróis:

Rota 2 - Farol de torre circular com edifício(s) anexo(s) – 16 faróis

Rota dos faróis - Rota 2, Farol de torre circular com edifício(s) anexo(s)

Rota dos Moinhos de Água das Ribeiras da Raia, de Tera e da Seda

Primavera / Público em geral /
 

Clique aqui para efectuar o download da versão SIG da presente rota.

A bacia hidrográfica da Ribeira da Raia, que engloba a Ribeira de Seda, a Ribeira de Tera e a Ribeira de Almada, é particularmente rica em património molinológico. Apresenta-se aqui uma amostragem constituída por alguns moinhos de água, de roda horizontal, que testemunham os primitivos ou antigos sistemas de moagem que se encontram na região. São compostos por unidades de moagem, sistemas de captação, adução e controle da água (açudes, levadas, comportas) e por estruturas de apoio (casas do moleiro, fornos, estábulos, choças). A maioria destas antigas estações moageiras localiza-se no Concelho de Mora, nas freguesias de Brotas, Cabeção e Pavia, com magnífica inserção na paisagem envolvente com a qual se harmonizam plenamente, encontram-se quase todas desactivadas e ao abandono.

Rota dos Moinhos de Água das Ribeiras da Raia, de Tera e da Seda

ROTAS DOS FARÓIS - Rota 3, Farol localizado em forte – 10 faróis

Verão / Público em geral / Automóvel
 

Desde a antiguidade, em que as confrarias de marítimos mantinham fogueiras acesas em locais elevados, houve a necessidade de avisar a navegação do perigo que o relevo da costa representava. Para além da construção de edificações propositadamente para esse fim, houve também o aproveitamento de preexistências

A rota proposta surge da análise do tipo de edifício onde o farol se implanta:

Rota 3 - Farol localizado em forte – 10 faróis

ROTAS DOS FARÓIS - Rota 3, Farol localizado em forte – 10 faróis

ROTAS DOS FARÓIS - Rota 4, Farol com torre cilíndrica “tourelle” – 7 faróis

Verão / Público em geral / Automóvel
 

A necessidade de alertar a navegação para os perigos existentes junto da faixa costeira origina a instalação de edificações que permitam, de um modo contínuo e seguro, alertar as tripulações das embarcações da proximidade de terra. As características destas torres e das suas luzes (altura, intensidade, tipos de relâmpago, cor) permitem também a identificação da sua localização.

Esta rota surge da observação da tipologia construtiva da torre dos faróis:

Rota 4 - Farol com torre cilíndrica “tourelle” – 7 faróis

ROTAS DOS FARÓIS - Rota 4, Farol com torre cilíndrica “tourelle” – 7 faróis
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login