Capela de São Bento / Ermida de São Bento

IPA.00002773
Portugal, Évora, Reguengos de Monsaraz, Monsaraz
 
Arquitectura religiosa, vernacular. Pequena capela rural, de planta longitudinal composta por nave e capela-mor ligeiramente mais estreita, tendo sacristia adossada ao alçado lateral esquerdo. Fachada principal em empena rasgada por portal de verga recta. Coberturas interiores de berço na nave e em cúpula na capela-mor.
Número IPA Antigo: PT040711030018
 
Registo visualizado 222 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

Categoria

Monumento

Descrição

Edifício de planta sensivelmente rectangular, centralizada, composta pela articulação sobre um eixo E-O de nave de planta rectangular com ábside de planta quadrada ( 4,05 m x 3,80 m ) e com os lados ligeiramente mais estreitos do que a largura da nave ( 8,80 m x 4,90 m ). Com o paramento N. da nave, articula-se ainda pequeno edifício adjacente de serviço. Coberturas diferenciadas, de telhado de duas águas pendentes para as fachadas laterais para a nave, de telhado radial de quatro águas para a abside. A fachada principal, correspondendo ao paramento fronteiro da nave, virado a O., constitui-se em dois registos correspondentes à articulação do pórtico de moldura esquadriada de cantaria, ladeado por dois janelões rectangulares, com o frontão triangular, despido, apenas rasgado por luneta circular. Os cunhais sobem em remate pinacular apilastrado acima do frontão e do beirado, que aqui requebra para ganhar linha horizontal. A fachada N. é composta pela projecção do edifício de serviço no paramento correspondente da nave, cego, que se articula ainda com a ábside pelo topo E. A fachada E. é composta pela projecção do paramento testeiro da abside no paramento E. da nave. A fachada S. é cega. O INTERIOR apresenta-se muito destruído e sóbrio, com a nave apresentando cobertura em abóbada de berço e abside com cobertura em cúpula hemisférica suportada por trompas. Pintura mural na abside com representação de elementos fito-antropomórficos e na cúpula composição naturalista de estilo barroco com medalhões elípticos emoldurando os símbolos do padroeiro ( mitra, báculo, cálice e cruz da ordem de Avis ).

Acessos

Cabeço de São Bento, no arrabalde, a c. de 200 m do limite N. da povoação de Monsaraz.

Protecção

Em vias de classificação (Homologado como IIP - Imóvel de Interesse Público, Despacho de 29 março 1976 do Ministro da Educação Nacional)

Grau

2 - imóvel ou conjunto com valor tipológico, estilístico ou histórico ou que se singulariza na massa edificada, cujos elementos estruturais e características de qualidade arquitectónica ou significado histórico deverão ser preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Imóvel de Interesse Público.

Enquadramento

Rural / urbano, em outeiro dominante da paisagem e da povoação, isolada e em destaque

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: capela

Utilização Actual

Marco histórico-cultural

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 16 / 17 (atr.)

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 16 - fundação; 1629 - frescos da cúpula da ábside; 1755, após - edificação da abóbada da nave, segundo Espanca; 1976, 19 março - Parecer da Junta Nacional de Educação a propor a classificação como IIP - Imóvel de Interesse Público; 2008, 15 dezembro - Proposta de revogação da classificação pela DRCAlentejo, por o imóvel já se encontrar abrangido por ZEP; 2009, 05 março - Parecer do Conselho Consultivo do IGESPAR no sentido da continuação do procedimento de classificação como IIP; 2011, 23 maio - Proposta de ZEP pela DRCAlentejo.

Características Particulares

Capela rural, característico da arquitectura chã do aro eborense, de linhas singelas, integrando ábside cúbica rematada por cúpula hemisférica, elemento porventura bastante mais remoto. Existência de pintura mural barroca a decorar o interior.

Dados Técnicos

Estrutura mista.

Materiais

Alvenaria de pedra, cantaria de mármore no pórtico.

Bibliografia

ESPANCA, Túlio, Distrito de Évora, Concelho de Reguengos de Monsaraz, in Inventário Artístico de Portugal, vol. IX, Lisboa, 1978.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSARH

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Manuel Branco e Castro Nunes 1994

Actualização

Paula Figueiredo 2001
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login