Templo Romano de Scallabis

IPA.00004600
Portugal, Santarém, Santarém, União das freguesias de Santarém (Marvila), Santa Iria da Ribeira de Santarém, Santarém (São Salvador) e Santarém (São Nicolau)
 
Arquitectura religiosa, romana. Templo de invocação desconhecida, de que resta o podium e parte da parede do recinto.
Número IPA Antigo: PT031416120054
 
Registo visualizado 477 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

Categoria

Monumento

Descrição

Planta quadrangular. Resta o podium do templo, assente sobre a rocha calcária, com uma altura máxima conservada de c. de 4,10m no alçado S.; aqui pode ainda observar-se parte da parede do recinto, assente na base do topo do podium. Na fachada O. faltam algumas pedras de revestimento. A marcação dos cunhais foi feita com silhares de calcário de grandes dimensões - 1,30 x 0,60 x 0,30 m - dispostos sobre a largura. Sensivelmente a meio da plataforma, coberta por relvado, uma cisterna de bocal redondo.

Acessos

Largo da Alcáçova, nºs 3 e 5

Protecção

MN - Monumento Nacional, Decreto n.º 5/2002, DR, 1.ª série-B, n.º 42 de 19 fevereiro 2002

Grau

1 – imóvel ou conjunto com valor excepcional, cujas características deverão ser integralmente preservadas. Incluem-se neste grupo, com excepções, os objectos edificados classificados como Monumento Nacional.

Enquadramento

Urbano, planalto. Enquadrado pela muralha medieval de Santarém (PT031416120011), num recanto virado a N., formado pelo encontro de 2 panos de muralha, entre a Porta de Santiago (PT031416120012) e a igreja de Santa Maria da Alcáçova (PT031416120035), na antiga zona da Alcáçova. Rodeado por recinto ajardinado e empedrado; parte do embasamento é visível do interior de um auditório construído entre o templo e o pano de muralha NE..

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Religiosa: templo romano

Utilização Actual

Marco histórico-cultural: templo romano

Propriedade

Privada: pessoa singular

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Séc. 1 a.c.

Arquitecto / Construtor / Autor

Desconhecido

Cronologia

Séc. 1 a.c. - data provável de construção do templo, durante o período de ocupação romana, no final da República; séc. 12 / 13, c. de - construção da cisterna no interior do templo; Séc. 19, finais - construído um picadeiro sobre parte do templo; 1997 - Despacho de 3 Abril a atribuir a classificação de Monumento Nacional.

Características Particulares

Junto à fachada E. foi detectada uma estrutura contígua à base do templo, com c. de 1,80 x 8,5m, de difícil interpretação.

Dados Técnicos

Paredes autoportantes

Materiais

Estrutura formada por pedras calcárias de dimensão média, unidas por argamassa de cal e areia dispostas em fiadas e por grandes silhares aparelhados em pedra calcária.

Bibliografia

ARRUDA, Ana Margarida, VIEGAS, Catarina, Templo romano de Scallabis in Património Monumental de Santarém, Santarém, 1997.

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMS: Núcleo do Centro Histórico

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

1995 - remoção do picadeiro ; CMS / IPPAR - realização de trabalhos arqueológicos, sob a direcção das arqueólogas Ana Margarida Arruda e Catarina Viegas.

Observações

Autor e Data

Isabel Mendonça 1997

Actualização

Cecília Matias 2005
 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login