Ponte de Cepeda

IPA.00005114
Portugal, Porto, Paredes, Paredes
 
Ponte medieval de tabuleiro em cavalete assente sobre um arco de volta perfeita. Tabuleiro em cavalete pouco pronunciado com estribo saliente e alicerce dos pegões assente em encaixes cavados no afloramento; guardas com sistema de encaixe tipo "macho-fêmea"; "banco" para cobrança de portagens encaixado entre as guardas; muro de protecção dos pegões.
Número IPA Antigo: PT011310070013
 
Registo visualizado 657 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Ponte de tabuleiro em cavalete, pouco pronunciado, com uma largura máxima de c. de 3,4 m, assente num único arco de volta perfeita, em cantaria, que a jusante, no seu primeiro terço, se apresenta mais saliente que o restante paramento. Apresenta pegões cegos de estribo saliente, estando o alicerce destes assente em encaixes cavados no afloramento. O seu pavimento encontra-se lajeado, registando-se ainda guardas em cantaria, apresentando estas um sistema de encaixe tipo "macho-fêmea". O aparelho dos paramentos revela os sucessivos arranjos, particularmente nas fiadas superiores, sendo, no geral, em aparelho regular, com algumas fiadas pseudo-isódomas, embora estas se registem exclusivamente nas fiadas inferiores. Na margem esquerda, na zona a montante, o alicerce dos pegões encontra-se protegido por um muro de suporte que entesta no respectivo pegão. À entrada da ponte, na margem esquerda, a montante, encontra-se um "banco" encaixado entre as guardas, talhado num silhar granítico.

Acessos

Rua de Cepeda, estradão a partir do CM 1325, junto à Casa de Cepeda

Protecção

Inexistente

Enquadramento

Urbano, isolado, no centro da povoação, sobre o Rio Sousa, integrada no caminho velho denominado "Estrada Real", no troço compreendido entre Paredes e Penafiel.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Transportes: ponte

Propriedade

Pública: municipal

Afectação

Época Construção

Época medieval

Arquitecto / Construtor / Autor

Cronologia

Época medieval - construção da ponte; 1412 - reconstrução da ponte; Época moderna - reforma da ponte.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Estrutura em silhares graníticos; guardas em cantaria; pavimento em lajes graníticas; "banco" talhado num silhar granítico.

Bibliografia

MIRANDA, Abílio, A Freguesia de Bostelo, separata de O Penafidelense, Penafiel, 1942, p. 28; ALMEIDA, Carlos Alberto Ferreira de, Vias Medievais de Entre Douro e Minho, dissert. de licenciatura, polic., vol. I, Porto, 1968, p. 174.

Documentação Gráfica

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN / DSID

Documentação Administrativa

Intervenção Realizada

Observações

Esta ponte integrava-se no caminho medieval que do Porto se dirigia para Penafiel.

Autor e Data

Isabel Sereno / Paulo Amaral 1996

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login