Ponte Romana de Pêro Viseu

IPA.00007034
Portugal, Castelo Branco, Fundão, Pêro Viseu
 
Ponte romana, de arco, constituída por três arcos de volta perfeita, apresentando o do meio maiores dimensões e talhamares. Guardas paralelepipédicas, de granito. No tabuleiro existem algumas lajes de dimensão média, pertencentes à primitiva estrada. Os silhares são regulares e com maior altura dos utilizados nos arcos, o que não é habitual.
Número IPA Antigo: PT020504210024
 
Registo visualizado 653 vezes desde 27 Julho de 2011
 
   
   

Registo

 
Edifício e estrutura  Estrutura  Transportes  Ponte / Viaduto  Ponte pedonal / rodoviária  Tipo arco

Descrição

Ponte constituída por três arcos de volta perfeita, apresentando o do meio maiores dimensões e talhamares, ambos com silhares de granito, aparelhados e dispostos de modo a haver uma descarga de forças equilibrada. As guardas são constituídas por silhares de granito de forma paralelepipédica. O tabuleiro da ponte deixa ver algumas lajes de dimensão média, pertencentes à primitiva estrada, com cerca de 70 m. de comprimento e 5 m. de largura.

Acessos

Na fronteira entre Pêro Viseu e Valverde, sobre a Ribeira de Meimoa. WGS84 (graus decimais) lat.: 40,187601; long.: -7,444232

Protecção

Categoria: IIP - Imóvel de Interesse Público, Decreto n.º 5/2002, DR n.º 42 de 19 fevereiro 2002

Enquadramento

Situada sobre a Ribeira da Meimoa, ligando as Freguesias de Valverde e Pero Viseu. Encontra-se rodeada por vegetação.

Descrição Complementar

Utilização Inicial

Transportes: ponte

Utilização Actual

Transportes: ponte

Propriedade

Pública: Municipal

Afectação

Sem afectação

Época Construção

Época romana (conjectural)

Arquitecto / Construtor / Autor

PEDREIRO: Lourenço Fernandes (1680).

Cronologia

Época romana - provável construção do imóvel, que ligaria a Viseu, talvez passando por Centum Cellas; 1680, 15 Novembro - o mestre Manuel Álvares da Cunha concedeu poderes a Lourenço Fernandes, para arrecadar o dinheiro da obra da ponte; 1997, 27 Abril - despacho do Ministro da Cultura, classificando-o como IIP.

Dados Técnicos

Estrutura autoportante.

Materiais

Granito, argamassa.

Bibliografia

SILVA, Joaquim Candeias, O concelho do Fundão através das memórias paroquiais de 1758, Fundão, Setembro de 1993; Pontes romanas de Portugal [dir. de PINTO, Paulo Mendes], Lisboa, 1998; ALVES, Alexandre, Artistas e Artífices nas Dioceses de Lamego e Viseu, vol. I, Viseu, 2001, p. 245; http://www.patrimoniocultural.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/327714 [consultado em 14 outubro 2016].

Documentação Gráfica

IHRU: DGEMN/DSID; CMF; IGESPAR: IPPAR

Documentação Fotográfica

IHRU: DGEMN/DSID; IGESPAR: IPPAR

Documentação Administrativa

IHRU: DGEMN/DSID; IGESPAR: IPPAR

Intervenção Realizada

Observações

Autor e Data

Cecília Matias 1998 / Luis Castro 1999

Actualização

 
 
 
Termos e Condições de Utilização dos Conteúdos SIPA
 
 
Registo| Login